Star Wars Battlefront II tem recebido um grande destaque nas ultimas semanas, mas infelizmente não é por motivos positivos já que está envolvido com polémicas devido ao seu sistema de microtransações, que tem desagradado a todos os jogadores.

Devido as criticas negativas, durante uma conferência ao UBS Global Technology, o diretor financeiro da Electronic Arts, Blake Jorgensen, pediu paciência aos jogadores enquanto a empresa corrige os valores.

De acordo com Jorgensen, o melhor dos videojogos nos dias atuais, é que eles sempre podem ser corrigidos, devido a isso aquilo que a comunidade reclama hoje é possível melhorar amanha, e ao adotar um sistema de serviço é essencial estar atento, ouvir, e reagir à comunidade para tentar desenvolver o melhor produto.

Ele também atribuiu a situação as mudanças na estratégia a longa prazo da EA, ao dizer que os jogadores precisam entender que a empresa escuta e está próxima da comunidade e sempre vão mudar os jogos para deixá-los melhores e deixar a própria comunidade satisfeito ao jogá-los.

Jorgensen também ressaltou que o modelo de jogos como um serviço, com conteúdo sendo adicionado constantemente, é um caminho que a Electronic Arts pretende seguir.

O executivo utilizou como exemplo Battlefield 4 para defender esse novo modelo, ao dizer que o jogo de 2013 continua até hoje no top 10 dos mais jogados da empresa e poderia ter vendido muito mais se houvesse um “componente de serviço” ligado a ele, ou seja, a receber até hoje novos conteúdos.

Star Wars Battlefront II será lançado no dia 17 de novembro para PC, PlayStation 4 e Xbox One.

Share this Post

Deixar uma resposta